GETAM prende suspeitos por tráfico de drogas em Três Lagoas

Na noite do último sábado (18), o Grupo Especial Tático de Motos (GETAM) da Polícia Militar realizou uma operação que resultou na prisão de um homem de 29 anos e na detenção de uma mulher de 39 anos, sob acusações relacionadas ao tráfico e posse de drogas, respectivamente. A ação ocorreu nas imediações de um bar conhecido por atividades ilícitas na avenida Clodoaldo Garcia, no bairro Vila Haro, em Três Lagoas.

Aproximadamente às 22h, a equipe do GETAM patrulhava as regiões dos bairros São Carlos, Vila Haro e Guanabara quando avistaram atividades suspeitas nas proximidades de um estabelecimento conhecido por ser frequentado por indivíduos ligados ao tráfico de entorpecentes. Durante a aproximação das motocicletas policiais, testemunharam um homem entregando algo a uma mulher e, em seguida, descartando algo no chão.

Em decorrência dessas ações suspeitas, os agentes realizaram uma abordagem imediata. Durante a revista, foi encontrado próximo a um dos suspeitos um embrulho contendo três porções de crack, totalizando 0,9 gramas, enquanto com a mulher foi localizada uma porção adicional da mesma substância, pesando 0,3 gramas, dentro de uma bolsa com características semelhantes àquela portada pelo homem.

Os policiais questionaram os suspeitos sobre a origem das drogas e a mulher admitiu ser dependente química, afirmando adquirir o crack do homem de 29 anos. Ela relatou que, ao perceberem a aproximação policial, o suspeito teria transferido parte da droga para sua bolsa, totalizando 11 gramas de crack. O homem confirmou essa versão, resultando em sua prisão por tráfico de drogas. Já a mulher, detida por posse de entorpecentes para consumo pessoal, foi encaminhada à Delegacia de Pronto Atendimento Comunitário (DEPAC) e liberada após o procedimento padrão.

Além disso, antes da abordagem, o suspeito de 29 anos tentou, sem sucesso, se desfazer de um pacote contendo crack.

A ação policial resultou na prisão dos suspeitos e no encaminhamento dos mesmos à DEPAC para os procedimentos legais cabíveis.