Quase 1.200 alunos retornam sua trajetória escolar com busca ativa da REME

A prefeitura de Três Lagoas, por meio da Rede Municipal de Ensino (REME), realizou no ano de 2023 o trabalho de busca ativa com os estudantes faltosos ou em situação de abandono.  O Trabalho contou com sete Profissionais de Apoio à Gestão para Equidade (PAGE) e com os Gestores, que acompanharam sistematicamente os estudantes caso a caso. Com o trabalho, dos 1.222 alunos que estavam fora da sala de aula, 1.196 voltaram as salas de aulas.

A secretária de Educação e Cultura, Angela Brito, ressaltou que foco da gestão é isonomia de direitos, pois é assegurado que todas as pessoas são iguais perante a Lei, mas precisamos considerar suas condições diferentes. “Principalmente, no que se refere às nossas crianças e suas necessidades. Por esse motivo, as nossas escolas desenvolveram ações para compensação de ausência e recomposição da aprendizagem com esses estudantes, para que eles reingressassem no processo de aprendizagem. Desta forma, o trabalho da equipe é para que as crianças e jovens gostem da escola e que esta seja um ambiente em que se sintam acolhidos”, explicou.

O esforço da equipe para manter as crianças e jovens na escola é multidisciplinar e intersetorial.  Entre as iniciativas que foram realizadas estão o contato direto com os pais e responsáveis, além de visitas domiciliares e a parceria com outros equipamentos públicos a fim de localizarmos os estudantes.

Dos 26 estudantes que não retornaram à escola, dois são dos anos finais do ensino fundamental, 14 dos anos iniciais e 20 da educação infantil.