Com 988 empresas abertas, Jucems tem melhor desempenho da série histórica para fevereiro

Mato Grosso do Sul voltou a registrar recorde no número de abertura de empresas no mês de fevereiro. Foram 988 novas firmas constituídas no mês passado, contra 834 no mesmo período do ano passado. Os dados são da Jucems (Junta Comercial de Mato Grosso do Sul), órgão vinculado à Secretaria de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação (Semadesc).

O apurado de fevereiro também ficou acima do verificado em janeiro (862), fazendo com que o saldo do ano some 1.850 novas empresas. A grande maioria das empresas abertas em fevereiro são do setor de Serviços (703), enquanto Comércio ficou em segundo (244) e a Indústria na terceira colocação, com 41 novos registros. No acumulado do ano as proporções são idênticas: 1.282 empresas de Serviços, 493 de Comércio e 75 da Indústria.

Na distribuição regional dos negócios, percebe-se uma forte concentração nas maiores cidades. Campo Grande respondeu por 42,51% dos novos registros (420), seguido de Dourados (119), Três Lagoas (54), Naviraí e Paranaíba (24), Ponta Porã (22) e Nova Andradina (20).

A Jucems também divulgou o número de MEIs (Microempreendedores Individuais) constituídos no mês de fevereiro. O setor de Serviços lidera também nessa modalidade de negócios com 2.464 empresas abertas em fevereiro, 841 do Comércio e 253 da Indústria. Campo Grande foi o município com mais MEIs abertos no mês passado (1665), seguido de Dourados (346), Três Lagoas (182) e Ponta Porã (110).

O MEI (Microempreendedor Individual) é a pessoa que trabalha por conta própria, exercendo uma ocupação daquelas listadas pelo Governo Federal para essa modalidade de negócio. O faturamento anual do MEI não pode ser superior a R$ 81 mil, deve possuir um único estabelecimento, não pode participar de outra empresa como titular, sócio ou administrador e não pode contratar mais de um empregado.

Compartilhe nas Redes Sociais

Outras Notícias